Cobra Venenosa – Ludmilla Mp3

Download Música Cobra Venenosa - Ludmilla Mp3

Cobra Venenosa – Ludmilla para baixar Grátis

 

Antecipadamente conheça o novo lançamento de 2020 a música ‘Cobra Venenosa’ mais um sucesso da cantora Ludmilla. Juntamente com o video clipe da música ‘Cobra Venenosa’ você pode aprender a letra da mesma logo abaixo. Por outro lado, você pode ir direto ao ponto e escolher um dos links abaixo para baixar a música ‘Cobra Venenosa’ de graça.


 

Gênero: Funk
Lançamento: 2020
Formato: .mp3
Tamanho: 4,8 Mb
Qualidade: 320 Kbps

 

Logo abaixo você pode assistir o clipe dessa música, segundo o youtube a cantora Ludmilla lançou essa música em 2020. Portanto aperte o play e ouça antes de baixar !

Ouvir a Música ‘Cobra Venenosa’


 

Letra da Música ‘Cobra Venenosa’


Primeiramente
[Intro]
Ai!
(Hahaha)

[Refrão: Ludmilla]
Eu disse: limpa, limpa antes que caia dentro
Escorrendo da boca no cantinho o seu veneno
Eu disse: limpa, limpa antes que caia dentro
No cantinho da boca escorrendo o seu veneno

[Verso 1: Ludmilla]
Eu vim pra causar e não pra passar pano
Se fosse pra ser pacífica, eu ficava no oceano
Cobra invejosa não sai do lugar
Fica me difamando pra poder me atrapalhar
Só que você esquece, quem me protege não dorme
O meu bonde vai passar e vai te dar mais um sacode

[Refrão: Ludmilla]
Eu disse: limpa, limpa antes que caia dentro
No cantinho da boca escorrendo o seu veneno
Eu disse: limpa, limpa antes que caia dentro
No cantinho da boca escorrendo o seu veneno

[Logo depois o Verso 2: Ludmilla]
Não troco minhas amigas por ninguém
Andar com elas é bom pra caralho (Oh, oh, oh)
Dá tempo de você mudar, sua mandada
Aproveita, o muro tá baixo (Yeah, yeah-eah)
O bonde é chave, é só mulher sagaz (Hmmm)
Se não pular, tu vai ficar pra trás (Hmmm)
O mundo para do jeito que a gente faz
Fica tranquilinha, da onde eu venho tem mais

[Enfim o Refrão: Ludmilla]
Eu disse: limpa, limpa antes que caia dentro
No cantinho da boca escorrendo o seu veneno
Eu disse: limpa, limpa antes que caia dentro
No cantinho da boca escorrendo o seu veneno
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *